07 jan 2020
Não tome decisões no escuro!
Vamos começar esse texto fazendo uma reflexão. Você sabe…

– Qual o produto da sua loja que mais vendeu em 2019?
– Qual o produto mais desejado pelos seus consumidores?
– Qual o perfil de consumo do seu cliente?
– Qual o tipo de oferta que gera mais interesse para o seu cliente?
– Quem é seu cliente fiel?

Geralmente, é difícil responder a perguntas como essa – ou porque não temos verba para investir em sistemas e profissionais que levantem esses dados, ou porque nos falta tempo para analisar as informações disponíveis e gerar conclusões que possam servir de base para nossas decisões estratégicas.

Assim, acabamos optando por fazer o que “achamos” certo, ou o que “deu certo até agora”. Essa postura nos impede de perceber novas oportunidades, melhorar práticas e controlar plenamente o nosso negócio. Com isso, empregamos muito esforço sem ter certeza do retorno recebido.

Mudar essa realidade é mais fácil do que parece!


Existem, atualmente, diversas metodologias e ferramentas para resolver essa situação. No entanto, é preciso saber qual a solução adequada para o tamanho do seu varejo e sua capacidade de investimento e operação.

Práticas como as listadas abaixo são gratuitas, fáceis de implementar, e um bom começo para melhorar suas estratégias de marketing e comunicação.

Converse: troque ideias, faça perguntas e entenda quem é seu consumidor por meio diálogo. Oriente seus funcionários a fazerem o mesmo! Além de melhorar o relacionamento com o cliente, ajuda o atendimento a ficar consciente sobre o perfil de comportamento do público. Registre o que achar interessante para poder consultar depois!
Pesquise: você pode trocar algum benefício por informações. Por exemplo, ofereça descontos ou um brinde para os clientes que responderem ao formulário. Faça perguntas breves, focadas no comportamento e interesses deles e fáceis de serem analisadas depois.
Foque no pós-vendas: foque em entender a percepção de pessoas específicas, que compraram recentemente no seu varejo. Solicite a avaliação dos serviços em relação a aspectos que lhe interessam mais.
Teste soluções: dentro das suas possibilidades, teste novas abordagens de atendimento, ofertas, comunicação, etc., e analise se tiverem resultados melhores ou piores do que as originais.
Faça parcerias: procure outras empresas que atendem um público similar ao seu para compartilhar informações e estratégias. Assim, os dois saem ganhando!

Uma solução mais profissional é implementar o BIPP na sua empresa.


Ao contratar o BIPP, você recebe um App personalizado com o nome e a marca do seu varejo, que poderá ser baixado pelos clientes do seu negócio. Quando seus clientes se cadastram, eles informam dados básicos e perfil de consumo. Essas informações são organizadas e exibidas em um painel gerenciador muito fácil de usar.

Você também fica sabendo quais são os produtos mais favoritados, os itens que não recebem intenção de compra, os perfis mais populares, entre outras métricas, oferecendo embasamento para organizar as campanhas promocionais para seu público.

Além disso, na hora de fazer seus pedidos de compra, você terá mais informações para negociar com seus fornecedores! O BIPP também oferece áreas de banners e anúncios que você poderá trocar com fornecedores e parceiros.

Acesse nosso site ou entre em contato conosco para saber mais!

COMPARTILHAR

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Leia também:

CONTEÚDOS
27 mar 2020
Resiliência e adaptação no varejo
CONTEÚDOS
06 mar 2020
O dia e o ano do Consumidor
CONTEÚDOS
07 jan 2020
O que são perfis de consumo?